Páginas

19 de jul de 2010

Plinio representa contra TV Brasil por exclusão em entrevistas.

Manaus, AM

O candidato do PSOL à Presidência, Plínio de Arruda Sampaio, entrou no TSE com uma representação contra a EBC (Empresa Brasil de Comunicação) em que pede liminar para impedir que a "TV Brasil" apresente programa com qualquer dos candidatos antes que se comprometa a convidá-lo.


Plínio pede também a aplicação de multa diária ao diretor do programa e ao presidente da emissora em caso de descumprimento do pedido, além da suspensão da programação.

Na representação, o candidato diz que o Conselho Curador da empresa editou resolução, em 26 de maio de 2010, estabelecendo a forma do programa Três a Um, que prevê uma série de entrevistas com os três principais candidatos ao cargo de presidente --Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV), que seriam realizadas preferencialmente ao vivo, em três dias seguidos, na última ou penúltima semana de julho.

Estão programadas entrevistas na TV Brasil com Dilma na quarta-feira (21), Serra na quinta (22) e Marina Silva na sexta (23).

Segundo a representação, a postura da emissora desrespeita o Código Eleitoral, que determina dever serem convidados para os debates eleitorais os candidatos cujos partidos tenham representação na Câmara dos Deputados.

"Essa é a amplitude imposta às emissoras de rádio e televisão que desejam promover os debates", afirma o candidato na representação.

Plínio sustenta ainda que o PSOL preenche o requisito estabelecido, pois, em 2006, elegeu três deputados federais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário