Páginas

17 de fev de 2010

Autazes: passado, presente e futuro.

Manaus, AM

          A região de Autazes já era conhecida nos meados do seculo 18, quando era habitada pelos índios Mura, famosos por sua resistência ao colonizador português. O nome do município vem dos rios Autaz-Açu e Autaz-Mirim, que cortam suas terras. A exploração da região teve início através do rio Madeira, em 1637 pelos coletores de cacau e demais produtos naturais. Mas a ocupação da área do muncípio ocorreu a partir de 1860. com a chegada de colonos vindos de várias partes do Amazonas e do Nordeste, atraídos pela exploração da borracha. Entre 1835 e 1840, o local presenciou também um dos mais importantes movimentos sociais e políticos da história do Brasil, a Cabanagem. A revolta envolveu índios, negros, mestiços e alguns brancos pobres que lutavam contra a opressão portuguesa e buscavam melhores condições de trabalho e de vida.

         Passados 200 anos dessas lutas de resistência e sangue, os embates pela sobrevivência frente a um ambiente tão hostil continuam. Os problemas se multiplicam: educação, saúde, emprego e renda, segurança, lazer, saneamento e moradia. Nada mudou! O certo é que o autazense continua nessa saga de sobreviver num ambiente que sofre pelo pouco caso dos governos que se sucederam no município. O autazense, antes de tudo, é um resistente.

        A dependência do poder público e a consequente submissão aos desmandos dos que estão de plantão, turbinam ainda mais os efeitos perversos sobre a população aguerrida e sofredora.

       URGE, então, nos organizar e mudarmos o futuro. Apelo para que tenhamos o mesmo espírito dos guerreiros Mura que heroicamente resistiram ao ataque do colonizador e prossigamos em construir um futuro mais feliz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário